• Etiene Flor // Ilustra que me gusta

Ilustra: Oito de março



A minha inspiração pra essa ilustra é Joênia Batista de Carvalho, conhecida como Joênia Wapichana. A pintura no rosto dela significa "a primeira mulher". Ela é a primeira mulher indígena a se formar em Direito no Brasil e a primeira a ser eleita deputada federal. Ganhou o principal prêmio de direitos humanos da ONU ano passado.


"Sempre fui minoria por onde passei", diz a advogada em entrevista à BBC News Brasil. "Isso que me impulsionou a provar que somos capazes, que o indígena não é inferior e que basta ter uma oportunidade, que ele agarra."





"A demarcação não é um favor. Não depende da opinião de governos. É um dever estatal, determinado pela Constituição como obrigação do Estado brasileiro, e não se liga ao fato de um indígena ter um curso, viajar para fora, usar a tecnologia".


"Se por um lado há meia dúzia de ruralistas, por outro há uma população de minorias que se sente representada por mim ali. É uma população que precisa de representação. A política velha é formada por pessoas que só pensam em benefícios individuais. Eu vou levar valores coletivos. Vou contar também com redes de apoiadores, pessoas que compreendem a importância dos povos indígenas no mundo, e fazer com que eles se tornem cada vez mais visíveis."